lunes, 6 de julio de 2009

Entre el día y la noche.








Madredeus: O Sonho.

Letra e música: Pedro
Ayres Magalhães
Quem contar
um sonho que sonhou
não conta tudo o que encontrou
Contar um sonho é proibido
Eu sonhei
um sonho com amor
e uma janela e uma flor
uma fonte de água e o meu amigo
E não havia mais nada...
só nós, a luz, e mais nada...
Ali morou o amor
Amor,
Amor que trago em segredo
num sonho que não vou contar
e cada dia é mais sentido
Amor,
eu tenho amor bem escondido
num sonho que não sei contar
e guardarei sempre comigo.

2 comentarios:

Cris dijo...

Madredeus, especial, tan especial como tu imagen :-) Abrazos!

藍心湄Blue dijo...
Este comentario ha sido eliminado por un administrador del blog.